24/02/17

Sem Título

Oh, como a hipocrisia
seduz, e como se esquece
que em criança se está mais perto
da morte que na velhice

Ébria de sono, a criança
sorve ao menos a ofensa do pires,
mas eu - com quem me amuaria? -
sozinho estou, em todos os caminhos.

Não quero dormir como um peixe
no desmaio fundo das águas,
é-me querida a escolha livre
dos meus cuidados, dores e mágoas.